Jogadores reclamam e TI 2019 pode sair da China

Jogadores reclamam e TI 2019 pode sair da China

 

The International, o maior campeonato de Dota 2, chega a sua 9a edição, prevista para ser realizada em Shangai, China. O evento, que reune as melhores quipes do mundo, teve suas primeiras sete edições realizadas nos Estados Unidos, mas por conta de problemas de jogadores com o visto americano, a Valve decidiu mudar o lugar de realização do evento para outros países.

Enquanto a edição de 2018 ainda ficou no continente norte-americano, no Canada, a edição do ano que vem está agendada para ser realizada na China, país no qual que a Valve trabalha para aumentar sua presença. Contudo, dadas as políticas linha-dura do país contra pessoas críticas ao regime, a escolha já está gerando problemas para os jogadores profissionais, e muitos já estão pedindo por uma mudança de país sede.

Major de Chongqing - Uma prévia do que pode estar por vir

Para se classificar para o TI, todas as equipes percorrem uma longa jornada, seja pelas classificatórias abertas ou sua pontuação em eventos oficiais como Majors e Minors. O próximo destes eventos será o Major de Chongqing, na China. O que podia ser uma boa publicidade, já está atraindo atenção de modo negativo, tendo banido a entrada de dois jogadores por comentários racistas. Diferente de situações em que a Valve determinava punição aos jogadores, esta é a primeira vez em que um ban determinado exclusivamente por um país, situação que abre precedentes perigosos.

De acordo com Cyborgmatt, mananger da Team Secret, o país já comuniou as equipes da compLexity e TNC sobre a restrição dos jogadores Skemberlu e Kuku, chegando inclusive a perguntar se as organizações gostariam de expulsar os respectivos jogadores antes do torneio. Dada a situação, existe ainda a chance de que esta restrição se extenda até o TI e que outras equipes sejam afetadas.

Jogadores se pronunciam

Depois da postagem de Cyborgmatt, diversos jogadores de renome do cenário já se pronunciaram contra a atitude.

Peter 'PPD' Dager, vencedor do TI 2015 pela EG levantou a questão.

“Qualé, China… o que vocês estão fazendo??”

Admiral Bulldog, vencedor do TI 2013 pela equipe da Alliance (e curiosamente familiarizado com problemas de visto) foi ainda mais enfático.

“Tirem o TI9 da China”

O responsável pelo Tweeter da equipe Empire descreveu bem a situação

“Ao invés de trazer os jogadores para a China, ensina-los sobre seus costumes e fazer um segmento com um pedido de desculpas, eles apenas estão distanciando ainda mais jogadores orientais e ocidentais.”


Todos sabemos o quanto a comunidade de Dota 2 pode ser tóxica, e mesmo profissionais são pegos fazendo comentários pejorativos sobre outras etnias após partidas frustrantes, mas se começarmos a levar cada comentário deste ao pé da letra, é possível que não sobre uma única equipe completa para TI 2019.

O evento continua de pé, mas dadas as preocupações e reclamações pelas equipes e seus jogadores, não é impossível que vejamos mudanças no local de realização de eventos da Valve.

Patch 7.20c foca no balanceamento dos heróis

Patch 7.20c foca no balanceamento dos heróis

Dota 2 7.20 - Heróis a serem evitados

Dota 2 7.20 - Heróis a serem evitados